“Na minha máquina funciona!” - como nunca mais ouvir essa frase


“Na minha máquina funciona!” - desenvolvedor que não utiliza docker.

Hoje em dia é muito difícil mantermos ambientes integrados com as mesmas tecnologias. Orquestrar vários serviços, administrar dependências, avaliar atualização de pacotes. Estes são problemas inerentes a equipes que mantêm mais de um servidor com código funcionando (ou seja, qualquer equipe que no mínimo tenha um ambiente de desenvolvimento e um ambiente de produção).

Com o docker esse processo passa a ser muito mais simples de ser realizado e muito mais contido. É possível, por exemplo, disponibilizar somente parte do seu ambiente para um determinado grupo de desenvolvedores.

Erroneamente algumas pessoas comparam a utilização de docker com a utilização de VMs. A proposta dessa talk é mostrar como docker se destaca em relação a VMs e o processo de desenvolvimento utilizando docker passando do ambiente de desenvolvimento ao ambiente de produção. Criar imagens para atender nossas necessidades, orquestrar containers e enviar tudo numa porrada só para o QA ou produção sem medo de ser feliz e sem medo de nenhum dependency hell.

Speaker

pedro-henrique-mazala-machado

Pedro Henrique Mázala Machado


Graduado em Ciência da Computação pela Fagoc e com curso técnico de Informática Industrial / Automação, trabalha desde 2009 com desenvolvimento de software. Sempre com um foco maior em linguagens web, ...